Cicloviagens

10 dicas de como se preparar para uma cicloviagem.

Compartilhe esse artigo com as opções abaixo.

Fazer uma ciclo viagem é um sonho de muitos ciclistas. Viver a experiência de pedalar em um destino paradisíaco deve ser feito pelo menos uma vez na vida e com certeza marca todo o ciclista que realizou esse sonho.

Como acredito que o que levamos da vida são as experiências que vivemos, o cicloturismo passou a ser uma prática. Todo ano tiro um tempo pra mim para fazer uma viagem de bicicleta para um destino de uma forma diferente (sim já repeti destinos porém com outras visões, como caminhos diferentes, ou épocas do ano diferentes).

Mas você sabe como planejar uma cicloviagem?

Não existe uma receita de bolo, acredito que vai depender do seu objetivo *reduzir o tempo de um percurso ou ainda aproveitar todo o caminho sem pressa. Acredite, isso existe). Mas de um modo geral, a preocupação com alimentação, hidratação e descanço deve fazer parte do seu planejamento.

A seguir, segue algumas dicas (baseados em experiência prática) de como se planejar para uma cicloviagem.

1 – Escolha um destino

Por mais bobo que pareça você deve escolher um destino pois quando não se sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve. Escolher um destino vai ser o seu ponto de partida para ao seu planejamento. Entender a distância e a altimetria (total de subidas acumuladas) vai te ajudar a definir um período necessário de preparação para esse novo desafio.

2 – Treine

Após escolher o destino, planeje o seu treino. Tente simular a distância que vai percorrer em um dia, e depois vai aumentando essa distância. De preferência no mesmo horário que vai estar pedalando para ir se habituando com os desafios do caminho.

3 – Defina uma estratégia de alimentação

Após escolher o destino e definir como será o seu treinamento, planejar a alimentação deve ser o seu próximo compromisso. É muito importante definir uma estratégia de alimentação pois a depender do seu destino, isso pode impactar no peso que irá transportar na sua viagem.

Mas como assim? Digamos que no seu roteiro tenha suporte de postos de gasolina para alimentação, neste caso você pode levar o que vai precisar inicialmente e parar mais vezes para fazer refeições nas redes de postos de gasolina por exemplo. Caso o seu roteiro não tenha suporte e estrutura de paradas para alimentação, você vai precisar tudo o que precisa e com isso carregar mais peso.

4 – Defina uma estratégia de hidratação

A hidratação também tem um papel importante no seu planejamento de viagem. Com uma estratégia parecida com a de alimentação, definir o roteiro de viagem vai facilitar a criação da estratégia de hidratação. A etapa de treinos também vai de ajudar a definir a melhor estratégia pois você vai começar a perceber a sua necessidade de água e com isso definir quanto vai precisar até a próxima parada. Além disso vai definir também se vai levar uma ou duas caramanholas (a depender do seu quadro da bike,) se vai levar mochila de hidratação, essas coisas.

5 – Leve ferramentas para pequenos reparos

Em uma cicloviagem pode acontecer de tudo (acreditem, por experiência própria) e sua preparação pode definir se você vai seguir ou não em uma viagem. Abaixo segue uma lista do que costumo levar em minhas viagens.

  • Power link
  • Chave de corrente
  • Kit de chaves
  • Câmara de ar (a quantidade depende do seu roteiro, mas pelo menos duas)
  • Lanternas
  • Pisca alerta
  • Reparos
  • Macarrão (para quem utilizar líquido selante nó pneus)
  • Fita releman (matagato)
  • Bomba de ar

6 – Defina os pontos de parada no roteiro

A definição do roteiro é importante para a definição das paradas. As paradas são importantes para além da alimentação e hidratação, também o descanso. Já cheguei a pedalar 330 km em um dia e te digo, não é fácil.

7 – Faça a manutenção da sua bike antes da viagem

Parace óbvio, mas faça a manutenção da sua bike antes da cicloviagem. Isso evita problemas simples e te deixa mais tranquilo para ir mais longe. Lembre que a depender do seu destino pode não ter oficinas de bicicletas disponíveis no caminho para manutenção. Quer saber mais, acesse nosso artigo: https://bikereview.com.br/a-importancia-da-manutencao-na-bicicleta/

8 – Busque informações

Ao escolher o seu destino, faça uma pesquisa prévia em busca de situações que podem ser um risco à sua viagem. Busque por informações dos roteiros, veja comentários de quem já vez o caminho. Informação nunca será demais. Até para a sua segurança se será melhor pedalar durante o dia ou durante a noite entre outras informações.

9 – Escolha um selin confortável

Outra informação que parece óbvia mas vai fazer uma grande diferença na sua cicloviagem, escolha um selin confortável. Mas como escolher um selin confortável? Treinando. A etapa de treino além de te condicionar para a cicloviagem serve também para testar configurações de equipamentos. Use essa etapa para testar entre outras coisas a calibragem dos pneus, o tipo de selin e o peso (sim, treine quando possível com o peso aproximado que deseja levar na viagem). Escolhendo o selin correto para você a sua viagem será muito mais tranquila.

10 – Divirta-se

Em uma cicloviagem você terá a oportunidade de viver experiências ímpares e que te transformarão como pessoa (isso eu te garanto). Aproveite, registre, reflita sobre a vida e acumule mais uma experiência incrível para contar quando retornar.

E ai gostou dessas dicas? Acompanhe o nosso site e siga o nosso perfil no insta para novidades.


Compartilhe esse artigo com as opções abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 16 =